4ªTEMPORADA CAPÍTULO #INICIAL

Conto de WDG como (Seguir)

Parte da série THE GÊMEOS & I

4ªTEMPORADA

THE GÊMEOS & I - Intact

- - - - - - -

[IVAN]

Eu já não tava aguentando de tanta ansiedade, os dias não queriam passar, eu estava louco pra voltar a sair na rua, falar com as pessoas com os meus amigos.

12-06-2017

— Oi amor! — Will bateu na porta do meu quarto

Fui até lá e abri e Will logo me beijou, eu mas que rápido parei o beijo olhei para o corredor e William então diz:

— Relaxa o teu pai acabou de sair com a Celina e a linda da sua irmã.

— Porquê você nu disse logo. — falei voando no pescoço de Will.

Passando uns minutos entre beijos e abraços, eu e William fomos para minha cama eu um pouco desanimado mas Will com fogo.

— Poxa Ivan vamos se animar, hoje é dia dos namorados cara. — disse Will

Eu então olhei para ele, me levantei e fui até o espelho e falei:

— Em quanto eu estiver assim Will eu nunca vou me animar.

William veio por trás e dando um leve beijo no meu ombro falou:

— Relaxa pra mim você é lindo de todas as formas, mas já tá marcado sua cirurgia vai ficar tudo bem cê vai ver.

— Tou com medo... — falei me virando para William e em seguida o abraçando

— Ei calma nu é preciso ter medo. — disse Will

— Como não William depois de tudo eu mudei me fechei embora meu pai se esforçar eu nu consigo esquecer tudo, tou horrível magro e com o rosto cheio de cicatrizes. — falei no desabafo

Nesse momento meu celular toca, fui olhar era o Igor.

— Oi mano? — atende

— Oi Ivan como você tá?

— Tou bem, tou com o Will aqui

— Ata manda um abraço pra ele.

— Sim claro.

— Olha se der tudo certo eu tou voltando pro Brasil pra passar uns dias aí, o papai tá preocupado contigo disse que você tá muito estranho.

— Normal né Igor nu é você que tá com a cara toda remendada.

— Calma Ivan também nu é assim, os pais do Gabriel vão pagar sua cirurgia vai ficar tudo bem.

— Eu já sei Igor sorte que o babaca do irmão do Gabriel tá longe si não ia acabar com aquele infeliz.

— Olha fica bem eu vou está aí com você daqui à poucos dias tá mano.

— Tá Igor.

— Tchau...

Desliguei

— O Igor mandou um abraço pra você. — falei um pouco sem jeito para William

Depois de tudo eu sinto que o Will ainda senti alguma coisa pelo Igor, eu tento esquecer isso sempre, por esse motivo falei para o Igor não me ligar constantemente, as vezes eu que ligo pra ele quando estou me sentindo sozinho.

— Hummmm... e como ele tá? — perguntou Will

— Tá bem né Will, eles tão lá tirando fotos fazendo desfiles de modas eu podia está lá com eles agora. — falei me sentando em minha cama.

— Olha que tal a gente ir dá uma volta? — falou Will

— Á não Will cê esqueceu dá última vez que eu sai todo mundo ficou me olhando estranho eu sou a sensação do bairro todo e cê sabe disso. — falei

— Olha Ivan, eu juro que tou dando o meu máximo mas você nu tá colaborando, cara você fica aqui nesse quarto trancado mais de 24 horas, o que aconteceu já ficou pra trás cara temos que pensar no agora no amanhã e assim por diante esquece tudo isso, já faz mais de 3 meses cara. — disse William num tom um pouco alto

Eu comecei a lágrimar e falei:

— Você nu me entende e nunca vai me entender.

— Por quê você tá fazendo isso com você.. — disse Will

Eu comecei chorar e ele veio me abraçar, ficou me fazendo carinho até eu apagar...

(WILLIAM)

Já faz mais de 3 meses que tudo aconteceu, mas o Ivan vem se torturando com isso, o Fábio já não sabe mais o que fazer, prefere ficar longe de casa pra não ver o filho sofrendo, Celina ajuda com o que pode, já Ivan tem a mim para lhe dar carinho, o Igor também ajuda muito ele, falta poucos dias para o Ivan ir fazer a cirurgia de recuperação de seu rosto, até lá ele permanece assim pra baixo e triste.

Ele estava dormindo já fazia um tempo, bateram na porta em seguida abriram era Celina.

— Oi dona Celina. — falei me afastando um pouco de Ivan

Ela:

— Nossa ele já tá dormindo.

Eu:

— É ele ficou um pouco agitado eu acalmei ele.

— Foi o Igor que ligou né, toda vez que ele liga é isso eu falo pro Fábio não ir se queixar para o Igor que está trabalhando atrapalha tanto o Ivan quanto o Igor também. — falou Celina

Me levantei com cuidado e fui até Celina falando:

— Pois é mais ele vai ficar bem logo logo.

Celina:

— É tomará que chegue logo o dia dessa cirurgia.

— Bom acho que vou nessa. — falei

— Tá William obrigada por tudo. — disse Celina

Eu:

— Não precisa disso eu amo o Ivan e sempre vou está com ele.

Me despede e parti pra casa, com um pensamento longo. Nas ruas vários casais de namorados curtindo e o meu namorado com depressão, eu caminhava com passos curtus e ia olhando para o chão com as mãos nos bolsos da minha calça, então vi uma tampinha de refrigerante então comecei chuta la até uma pessoa parar a tampinha com seu pé, era um homem soube pelo sapato então olhei para ele.

— William.

Era o Caio, ele tava sumido.

— Caio. — falei sem noção

Ele deu um sorriso e falou:

— Eu (kkk) você vem de onde?

— Vim da casa do Ivan. — responde

— Aé como ele tá? — perguntou Caio

— Na mesma, mas vai melhorar tenho certeza. — falei

Caio:

— A sim. Claro que ele vai melhorar, bom William deixa eu ir pra casa tou cheio de trabalho da faculdade.

— Claro cara vai lá. — falei

— Tchau. — disse Caio e seguiu

Eu continuei e voltei a pensar.

ENQUANTO ISSO NA CASA DE DIEGO

(DIEGO)

— Aíí... Diego vai com calma.

— Com calma é o caralho, aguenta meu pau PORRA...

— Aí... Aí... Aí...

— Quer saber vai embora seu viado arregão tu nu aguenta pica porquê é gay ... — falei dando lhe um tapa bem forte na bunda

Fui até a porta abri e empurrei o viado pelado pra fora do meu quarto, depois peguei sua roupa e a joguei em sua cara tranquei a porta. Comprei uma geladeira pro meu quarto, então peguei uma cerveja, arranquei a camisinha do meu pau a jogando por ali, então me joguei em minha cama, ouvi a porta bater o viado foi embora.

Não tem nenhum viado pra barrar o Ivan, porquê eu fui deixar ele se apaixonar pelo Will porquê?

Peguei minha cueca, vesti, procurei uma calça e cai umas 3 vezes vestindo ela e então peguei uma camisa polo branca, peguei a chave da minha moto e fui para a garagem onde saí derrapando.

Quando fui dobrar para a rua cai e acabei com meu joelho no asfalto.

— CARALHO... BUCETA... — chinguei

Levantei a moto e parti para a casa do Ivan, já passa das 0h10 então cheguei na frente da casa do Ivan e comecei buzinar feito louco e comecei gritar o nome do Ivan:

— IVANNNNNNNNN...

— IVANNNNNNNNN...

— IVANNNNNNNNN...

>X<

THE GÊMEOS & I

Primeiro Capítulo

~BOM QUERIDOS LEITORES ME DESCULPEM PELA DEMORA MAS VOLTEI, ESPERO VER MUITOS COMENTÁRIOS DE VOCÊS BJS.

Guerra21 bjão seu lindo

Rogean21 Kkkkkkk tou bem amigo só um pouco sem tempo trabalho está me deixando sem tempo pra nada rsrs nem como direto, enfim tou bem rsrs BJS valew pela preocupação.

(AVISO)

O segundo capítulo ainda não tem dia certo de divulgação talvez na madrugada da próxima Quinta na outra semana.

Comentários

Há 2 comentários.

Por Guerra21 em 2017-06-16 07:09:45
Cara ver se não nos matar tanto esperar, eu já tava com saudades da maluquice destes gêmeos, me deu uma saudade imensa do Lucke e companhia, cara o coitado do Ivan tem que ser mais feliz nesta temporada, espero que o super Igor não continue a roubar (os sonhos) os machos do seu irmão, ele é muito sonso, eu ainda não o perdoei pElisa rolos anteriores, mais é isso a série conquistou o coração do público em geral. Bjs até o próximo episódio.
Por Rogean21 em 2017-06-15 11:36:57
Bom! Vamos vê oque esse louco do Diogo vai fazer, ansioso pra saber.