Acordar é dificil

Conto de twi como (Seguir)

Parte da série Viver

Ele preferia ter morrido. Não sabia por que tinha sobrevivido. Tentava não lembrar do que tinha acontecido naquele fatídico dia, mas quase sempre era impossível manter as lembranças longe. Quando isso acontecia, ele afundava, se escondia no subcontinente, em um lugar escuro, vazio e silencioso. Onde perdia totalmente a percepção do que acontecia a sua volta. Ficara grande parte do tempo esses últimos dias nessa bolha nula e isolada que criara para si mesmo. Sentia-se mais seguro assim. Mas as vezes acordava dessa inércia em que se colocava propositalmente, só para depois afundar nela de novo.

Estava acordado agora, tinha noção de que estava deitado no que parecia uma cama. As vezes tinha plena consciência do acontecia ao seu redor, era raro, por que logo voltava para sua " bolha protetora " , mas as vezes perdia noção de tempo / espaço, não sabia aonde estava, lembrava do que tinha acontecido e nada mais, eram suas únicas lembranças. Esses momentos eram mais frequentes. Nesses casos afundava também, por que era assustador demais.

Esse era um desses momentos. Não sabia onde estava. Mas dessa vez, antes de se refugiar no vazio, se permitiu observar o teto do lugar onde estava. Era de uma cor creme agradável. Parecia familiar. Não sabia porque.

Olhou para o lado e deu de cara com um rapaz que o observava. Uma onda de pavor percorreu seu corpo e se dissipou quase que instantaneamente quando o rapaz sorriu. Aquele rosto era familiar. Não lembrava de onde o conhecia. Parecia cansado. Possuía olheiras e uma tristeza quase imperceptível em seu olhar, que brilhou com uma pontinha de esperança quando aquele rosto pálido e assustado lhe direcionou a atenção.

-oi, disse baixinho , que bom que você acordou.

Twiu continuou olhando aquele estranho que parecia tão familiar com curiosidade.

-Senti sua falta, disse o rapaz e tocou sua mão com carinho. Nesse momento, um medo absurdo tomou conta de si, junto com uma onda de náusea que o sufocou. Se arrependeu de não ter voltado para seu refugio no momento que acordou. Não era seguro, decidiu, e delisgou- logo em seguida.

Comentários

Há 0 comentários.