O Namorado da Minha Ex - Capítulo 7

Conto de Danyel como (Seguir)

Parte da série O Namorado da Minha Ex

Noto se desencostar do meu ombro e ficar com rosto de frente pra mim já dizendo…

- È só você agir também…

Eu) – Mas como? Com o Tawan… kkk

Gean) – Assim…

Numa jogada rápida só notava ele me beijando, sentia seus lábios e sua mão forte, pegada firme caindo em cima de mim aos beijos.

O beijo do Gean era ardente, boca macia e gostosa, suas mãos fortes percorria meu corpo, e no ritmo da bebida cedia aquele gostoso momento, era diferente e ousado até demais, afinal ele era meu melhor amigo, mas na hora os pensamentos não fluía, apenas o gosto da sua boca, seu jeito e minha fraqueza.

- Não… não podemos…

Gean) – Relaxa e curta!!

- Nossa amizade, não…

Dei um empurrão nele fazendo sair de cima de mim; minha consciência caia em si e realmente transar com meu melhor amigo não era a melhor saída nesta altura do campeonato.

Gean) – Eu quero você!

- Não posso, vou dormir no quarto da minha mãe e você fica ai, ok.

Gean) – Eu vou embora!

- Você no está em condições e sabe disso.

Deixei ele deitado na cama implorando pra mim dormir com ele, prometendo que não aconteceria nada, mas do jeito que curti não tenho a certeza se numa investida eu conseguiria segurar minha curiosidade, pois a pegada dele era forte e seus beijos, Ui.

Não conseguia acreditar, eu beijando o Gean? Gente até onde a gente estava indo, a amizade não seria a mesma depois de uma transa. Será? Hehehe porém por mais gostoso que era eu precisava resistir a tentação, mas que foi gostoso foi.

O quarto da mamãe é espaçoso, lindo e com um banheiro maravilhoso, fui tomar um banho pra amenizar a tensão do dia… ah tranquei a porta, kkkk vai que Gean resolve aparecer hehehehe

Enquanto a água caia fiz uma reflexão de tudo aquilo que já havia acontecido, era uma reviravolta na minha vida o que certamente para qualquer um seria assustador, mas precisava colocar as coisa em ordem…

Banho tomado e mente borbulhando, fui na cozinha e ao passar pelo meu quarto Gean apagado, roncava rsrsrsrsrsrsrs e eu se quer conseguia pregar o olho, a casa era só silêncio só da madrugada, ouço alguém bater à porta, meu coração em disparado.

- Quem seria a essa hora; afinal já era 3 da madruga.

Chequei perto da porta e ouvi

- Sou eu! Abre!!!

Não acreditei, era a voz do Tawan.

- O que você quer as quatro da manhã?

Tawan) – Quero você!

- Vai embora e para de graça!

Tawan) – Abre essa porta!! Vai!!

- Você esta bêbado, vai embora!!!

Tawan) – Abre antes que comece a gritar aqui que te quero para todos ouvir…

Não duvidava que começaria a fazer um escândalo, pior ainda Gean dormindo no meu quarto viria a acordar a ai a coisa ia ficar tensa, então resolvi abri.

- Diga! Disse eu

Não tive tempo de responder, apenas senti um puxão e beijos, beijo quente e gostoso, minha ma~so não conseguia separar de tão gostoso que era, de tão ousado e prazeroso…

Passei minhas mãos sobre seu pescoço e sem nem pensar me entreguei, isto mesmo, não dava pra mentir era hora de encarar o desejo por aquele cara.

- Onde é seu quarto!!

#Continua

Próximo Capítulo

07/09

⏹️⏹️⏹️⏹️⏹️

Recado do Autor

Quanta emoção, não?

Hehehe

Quero dizer que também estou muito feliz com o retorno de vocês e gostaria de postar com mais frequência, mas a correria esta demais, mas prometo tentar postar antes da data prevista.

Ahh.

Vlw por cada voto e comentário; e se você ainda não comentou, deixe seu elogio ou sugestão.

Att. Daniel

Siga no Instagram

@ContosdeDaniel

Comentários

Há 1 comentários.

Por Sexy em 2018-09-13 21:07:06
Gostei. Aninha.casada29@outlook.com